Prefeito vai ter que prestar informações sobre obras paralisadas a vereadores

0
372

Parlamentares aprovaram três Indicações Protocoladas solicitando dados ao Poder Executivo, que tem 15 dias para enviar as informações.

Na reunião extraordinária dessa segunda-feira (21), os vereadores de Ponte Nova votaram quatro Indicações Protocoladas solicitando informações ao Poder Executivo. Três foram aprovadas e uma rejeitada. A prefeitura tem 15 dias para disponibilizar as respostas, de acordo com o prazo regimental.


De autoria dos vereadores Hermano (PT) e Sérgio Ferrugem (Republicanos), a Indicação Protocolada 584/2020 solicita informações sobre as obras que estão sendo executadas no bairro Vila Oliveira. Eles relatam que os moradores do entorno reclamam que na obra que dá acesso à travessia sobre o Ribeirão Vau-Açu não há o mínimo de acessibilidade para pessoas com deficiência ou dificuldades de locomoção. Os parlamentares questionam se há previsão de adequação da estrutura.

No documento, os vereadores observam que consta no local uma placa informando o período de execução da obra, que seria de dois meses (08/06/2020 a 08/08/2020). Sérgio Ferrugem e Hermano querem saber se há uma reprogramação para conclusão das intervenções do entorno da quadra do bairro.

Já os vereadores Aninha de Fizica (PSB) e Zé Osório (PSB) querem saber, por meio da Indicação Protocolada 586/2020, por quais motivos foram paralisadas as obras de calçamento da Rua Hélcio Totino, bairro Vale Suíço, assim como o calçamento de pontos críticos nas estradas rurais de Atambu, Piãozinho e Serra dos Pinheiros. Os parlamentares solicitam informar quais providências estão sendo tomadas a respeito e se há data prevista para reinício das obras.

As obras de ampliação da galeria de águas pluviais no bairro Central geraram a Indicação Protocolada 587/2020, de autoria dos vereadores Aninha de Fizica, Zé Osório e Machadinho (Avante). Os vereadores desejam saber por quais motivos ainda não foram iniciados os trabalhos, visto que a licitação já foi realizada. Solicitam esclarecer ainda quais providências estão sendo tomadas pelo Executivo sobre o assunto e se há data prevista para o início das obras. Eles destacam que a obra é de grande importância para evitar as inundações a residências.

Reprovada

Assinada pelo vereador Leo Moreira (Republicanos), a Indicação Protocolada 590/2020 pediria informações ao Executivo sobre o contrato para a exploração do estacionamento rotativo. A matéria foi rejeitada por seis vereadores, aprovada por outros seis e desempatada pela presidente da Câmara, que optou pela reprovação.