Comércio teve mais demissões do que contratações no 1º semestre de 2020 em Ponte Nova, veja o quadro

0
200

A Fecomércio MG, através do Departamento de Estudos Econômicos da entidade, divulgou recentemente alguns números em relação ao balanço regional do mercado de trabalho em Ponte Nova. O relatório mostra o desempenho em nosso município, de acordo com as informações extraídas do Novo CAGED, com dados declarados até junho de 2020.

O setor de comércio varejista foi o que mais sofreu nesse primeiro semestre, contabilizando 801 DESLIGAMENTOS. No entanto, em número de ADMISSÕES o varejo contabilizou 643 novos postos de trabalho. O saldo no semestre ficou negativo (-158).


Já a Indústria, Serviços, Construção e o setor da Agropecuária tiveram bem menos impactos negativos. Em uma análise geral, o saldo entre as admissões e demissões desses segmentos contabilizaram saldos positivos. Destaque para a Construção Civil, que movimentou o cenário regional.

Para entender sobre esses números apontados pelo estudo, a ACIP/CDL disponibiliza o diagnóstico desenvolvido pela Fecomércio MG, que segue abaixo.

Veja o quadro dos números: