Prefeitura retira ambulante do trevo da Rasa em Ponte Nova

0
1066

A manhã deste domingo, 23 de agosto, teve um gosto amargo para Jessé de Faria Félix, 35 anos, ambulante do estado da Paraíba. Por volta do meio dia, ele foi surpreendido pelos fiscais do setor de posturas, da Prefeitura de Ponte Nova, e teve que recolher redes, tapetes e bancos.

De acordo com Jessé, os fiscais disseram que ele não poderia permanecer às margens da rodovia, próximo ao trevo do bairro Rasa (Rodovia Rio Casca/MG 262), porque o local pertence ao município (considerado área urbana, segundo os fiscais). Jessé, então, perguntou se haveria uma outra forma de vender os produtos e os fiscais responderam que não, que ele teria que deixar o local, sob pena de ser retirado por força policial. O vendedor, que há mais de 100 dias estava sem trabalhar por causa da pandemia, retirou tudo e guardou no caminhão.


Perguntei pra ele se voltaria para a Paraíba e ele me disse que só em dezembro, “se Deus assim permitir”. Jessé disse que vai voltar para Visconde do Rio Branco/MG, cidade onde estava, e continuar na luta diária de vender redes, tapetes, colchas e cadeiras que, segundo ele, “são o sustento da família”, composta por uma esposa e duas filhas.

“Eu entendo que não posso ficar, o que deixa a gente triste é ser tratado como bandido. Não precisa ameaçar com polícia”, relatou Jessé.

Entrei em contato com o setor de posturas, mas ninguém atendeu aos telefones (fixo e celular).

De acordo com a lei municipal 3.153/2007 no artigo 2º “Inclui-se, na proibição do caput, o estacionamento de caminhões e de outros veículosnos centros comerciais da cidade e de Palmeiras e na sua interligação, para a venda avarejo de quaisquer produtos, inclusive hortifrutigranjeiros”. Porém, o bairro Rasa está longe dos centros comerciais. Já a lei municipal 3.386/2009 diz que “caminhões e outros veículos automotores utilizados para a venda de hortifrutigrajeiros e

outros produtos nas vias públicas, deverão portar os respectivos alvarás.”

Reportagem e imagem, Clarissa Guimarães