Em Viçosa operação apreende álcool em gel com suspeita de falsificação

0
161

Vigilância Sanitária, Procon  de Viçosa e Polícia Civil recolheram 370 frascos de duas marcas diferentes

A Vigilância Sanitária e o Procon de Viçosa participaram na tarde de terça-feira (02) de uma operação da Polícia Civil que investiga a distribuição e venda de álcool em gel falsificado na cidade. Na operação, a Vigilância Sanitária apreendeu 370 frascos de álcool em gel de duas marcas diferentes e o Procon notificou o estabelecimento para apresentar, no prazo legal de 10 dias, as notas fiscais dos produtos.


A partir das informações e material recolhido, foi aberto processo administrativo pelos órgãos municipais. Na investigação, será verificada a autenticidade do produto vendido como álcool 70%. Também será encaminhado à Secretaria Estadual de Vigilância Sanitária o rótulo do produto para investigação do local onde o álcool está sendo produzido e embalado. Comprovadas as irregularidades, o estabelecimento receberá uma multa por venda de produto sem nota fiscal e sem procedência, e poderá ter a licença de funcionamento cassada.

Segundo o coordenador do Procon Celso Alves, é preciso ficar atento aos produtos, especialmente aqueles ligados às medidas de prevenção do Covid-19. “Quando não conhecemos a procedência de determinada marca não é vergonha nenhuma questionar o vendedor e, em caso de suspeita de irregularidades, acionar os órgãos competentes”, afirma.

Durante a operação, o atendente do estabelecimento foi encaminhado pelos policiais para a delegacia, para prestar esclarecimentos.