Prefeitura garante: “não há nenhum risco iminente de rompimento do represamento”, próximo ao Massangano

0
654

Na tarde desta segunda-feira, 02 de março, o Prefeito Wagner Mol, a Vice-Prefeita Valéria Alvarenga, o Coordenador da Defesa Civil Cícero Gomides, representantes da Defesa Civil de Minas Gerais e do Instituto Mineiro de Gestão das Águas, IGAM, realizaram nova vistoria ao local do represamento de água num Vale da comunidade rural do Cunha, acima do povoado do Massangano. Por cerca de uma hora e trinta minutos o local foi observado, analisado, com várias sugestões de intervenções sendo debatidas para se solucionar o represamento de água no local.

Também participaram da vistoria representante Pelotão do Corpo de Bombeiros de Ponte Nova, Jeepeiros, Diretor do Dmaes Anderson Nacif, secretários municipais (Luiz Borges, Obras; Bruno do Carmo, Meio Ambiente; Sandra Brandão, Planejamento; Heitor Raimondi, Desenvolvimento Rural, Fernando Andrade, Governo).


Constatou-se que com “o atual volume de água represado no local”, não há nenhum risco iminente de rompimento do represamento.

A presença da Defesa do Estado de Minas Gerais, no município, deveu-se a uma requisição do Promotor de Justiça de Ponte Nova, Thiago Fernandes Carvalho, para atuar em conjunto com os órgãos municipais.

Neste instante, ocorre uma reunião no Gabinete do Promotor de Justiça onde será lavrada uma ata da vistoria constando as recomendações técnicas para serem implantadas no local.