PF realiza Operação Viciosa contrabando de cigarros em Ponte Nova e mais 10 cidades

0
1193

A Polícia Federal deflagrou nesta manhã (20/20) a Operação Viciosa, para combater um esquema de contrabando de cigarros praticado por quadrilha especializada baseada em municípios da Zona da Mata de Minas Gerais, principalmente em Ubá, Ponte Nova e Viçosa.

Policiais federais deram cumprimento a sete mandados judiciais de prisão temporária e 28 mandados judiciais de busca e apreensão, nas cidades mineiras de Cataguases, Coimbra, Dores do Turvo, Mercês, Ponte Nova, Rodeiro, Tocantins, Viçosa, Visconde do Rio Branco e Ubá; todos expedidos pela Justiça Federal em Viçosa. Durante a deflagração de hoje, já foram contabilizados e apreendidos mais de cem mil reais em dinheiro e cheques.


As investigações tiveram início em agosto de 2018 em Viçosa, a partir de informações sobre o comércio ilícito de cigarros de origem estrangeira na região. Por se tratar de crime que lesa vários bens jurídicos da União, como a administração pública, a saúde pública, a economia e o mercado de consumo, a competência investigatória coube à Polícia Federal.De acordo com o que foi apurado, participavam do referido esquema fornecedores, distribuidores e clientes, prestando auxílio mútuo e atuando de forma associada por vários anos.

No decorrer das investigações, foram realizadas muitas prisões em flagrantes, quando os investigados transportavam ou guardavam cigarros ilícitos, muitos deles figurando como réus em diversos processos criminais pelo mesmo tipo penal. Nessas ações, a Polícia Federal apreendeu diversos veículos, inclusive uma carreta carregada com cigarros contrabandeados, perfazendo um total de cerca de 646 mil maços, o que significa aproximadamente 13 milhões de cigarros apreendidos.

Os presos serão levados até a penitenciária Nelson Hungria, onde permanecerão à disposição da Justiça. Se condenados, poderão cumprir até oito anos de reclusão.

Haverá coletiva de imprensa, às 10h30, na sede da PF em Belo Horizonte (Rua Nascimento Gurgel, 30, Gutierrez).

Comunicação Social da Polícia Federal em Minas Gerais