Câmara de Ponte Nova devolveu quase R$ 900 mil à prefeitura em 2019

0
289

Foto: Chico Fanica, Valéria Alvarenga, Aninha de Fizica e Pracata

Foi transferido nesta sexta-feira (27) para a conta bancária da Prefeitura de Ponte Nova o valor de R$ 266.463,79. A quantia somada a rentabilidade compõe o montante de R$ 892.658,25 mil devolvidos ao Poder Executivo em 2019: em junho a Mesa Diretora já havia entregue R$ 100 mil e na última reunião plenária deste ano a presidente, vereadora Aninha de Fizica (PSB), entregou um cheque de R$ 500 mil à vice-prefeita Valéria Alvarenga.


A devolução do dinheiro público só foi possível graças a economia e gestão do recurso, mesmo com os investimentos realizados pela Câmara neste ano.

A prerrogativa de aplicação do recurso devolvido é do prefeito. Mas, em acordo com os vereadores ficou definido que parte do dinheiro devolvido no primeiro semestre seria aplicado em melhorias no trânsito no entorno da Câmara e da Escola José Maria da Fonseca. Outra parte direcionado à Secretaria Municipal de Cultura e Turismo para a premiação do concurso para escolha do hino de Ponte Nova e à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural, que adquiriu troféus para a Exposição Agropecuária.

A sugestão da Mesa Diretora é que o restante seja investido em melhorias no entorno do terminal rodoviário de Ponte Nova e na construção de uma nova creche para a Vila Alvarenga.

Em todas as Câmaras Municipais, a presidência tem autonomia para utilizar o dinheiro do orçamento que é repassado mensalmente durante o ano pelo Executivo. O recurso pode ser utilizado para melhorias estruturais, de equipamentos, produtos ou serviços.

O Legislativo de Ponte Nova é considerado um dos mais econômicos de Minas Gerais. Isto é devido à transparência e a seriedade na lida com os recursos públicos, efetuando apenas gastos necessários para o seu funcionamento e manutenção. A utilização do dinheiro público pode ser acompanhada pelo Portal da Transparência da Câmara (http://pontenova.mg.leg.br/portal/?Link=Transparencia).