Pai e filho de Viçosa morrem no Interior de São Paulo por inalação de produtos tóxicos

0
1216

Pai e filho morreram enquanto prestavam um serviço de impermeabilização em um tanque de uma empresa de Indaiatuba (SP), na noite de sexta-feira (13). De acordo com informações do boletim de ocorrência, um funcionário da companhia encontrou os dois desacordados no local. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas o óbito foi constatado no local.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP-SP) ainda informou que foi realizada uma perícia no local e o caso foi registrado como morte suspeita no plantão policial de Indaiatuba. No local, foram encontrados galões de tíner, um solvente para tintas e vernizes, que pode ter causado a intoxicação.


Os corpos de Moacir Nascimento Lopes, de 50 anos, e Vinicius Fialho Lopes, de 19, fora levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Campinas e liberados na tarde deste sábado (14). A empresa fica na Avenida Vitória Rossi Martini, zona rural de Indaiatuba.

De acordo com a funerária responsável pelo transporte dos corpos, Moacir Nascimento Lopes, de 50 anos, e Vinícius Fialho Lopes, de 19, serão velados no Cemitério Jardim Memorial de Indaiatuba e o enterro vai acontecer em Viçosa (MG).

O que diz a empresa

A empresa Esplendor Superfície, que atua no processo de cromação nos setores automotivo, higiene pessoal, construção civil, eletrodomésticos e perfumaria, publicou uma nota de pesar no Facebook para lamentar o ocorrido. A companhia ainda informou que os funcionários eram terceirizados.

“Lamentamos profundamente o ocorrido e expressamos nossos sentimentos, e permanecemos concentrados no acompanhamento das ações adotadas pela empresa subcontratada, visando total apoio aos familiares”, diz o texto da nota.