Depois de denúncia pelas redes vereadores buscam resolver problema do esgoto do Presídio

0
274

Foto: Raniely, mostrando a caixa de esgoto do presídio

Em 29/05 estiveram no presídio de Ponte Nova com diretor Giuliano De Paula, para saber quais as providências e o que está ocasionando o vazamento do esgoto do presídio que está sendo lançado na mata próximo a lagoa do passa cinco.


Segundo o vereador Montanha, o sistema de esgoto foi feito para um presídio com a capacidade 500 presos e hoje tem dobro da capacidade ou seja 1000 detentos, também dectamos que a caixa de esgoto mostrda na denúncia constantemente fica entupida, é devido os detentos jogarem na rede de esgoto objetos ,como roupas , marmitex de alumínio e outros objetos causam entupimento na rede esgoto.
Na reunião, a proposta feita pelo o Diretor do DMAES, foi acordado que o Dmaes irá fazer uma nova rede com o apoio do sistema penitenciário.
Também foi cobrado a construção da ETE no presídio que será oficializado pela a Câmara e o DMAES.

“Apesar de que o Estado atravessa uma crise financeira , nos Vereadores vamos cobrar dos nossos deputados empenho para que a ETE seja construída de fato”, disse Montanha.
Participaram da reunião, Giuliano De Paula, Diretor Geral do Presídio, Anderson Sodré , Diretor do DMAES, Vereador Montanha, representante da Câmara, Vereador Machadinho representante da Comissão do Meio Ambiente da Câmara, Fábio Luiz, Diretor de Segurança e Aline, Diretora de Atendimento.

O caso do esgoto do presídio foi denunciado 24/05, nas redes sociais pelo Articulador Político, Raniely Saraiva, que criou um grupo denominado Fiscal do Povo. Na foto ele denuncia o descaso sobre o vazamento na caixa de esgoto do Presídio, que atinge o ecossistema do Parque Passa Cinco, onde é despejado o esgoto in natura.

Com está reunião espera-se a resolução do problema o mais rápido possível.