Cidadão pontenovense cobra fiscalização do transporte escolar no município

0
438

Foto : Cristiano P Ribeiro na Tribuna Livre

A Tribuna Livre da Câmara Municipal de Ponte Nova, no dia 2 de maio teve a participação do cidadão Cristiano Pinto Ribeiro que falou sobre o transporte escolar irregular no município. Ele solicitou fiscalização mais intensa e cobrança da documentação necessária àqueles que prestam o serviço, apontando que a população é quem perde com os preços abusivos. “Muitos têm condições de colocar duas, três crianças no transporte escolar, mas a maioria da população não tem, porque é assalariada”, disse Cristiano.


Ele destacou que não é filiado a nenhuma associação e, sim, orientado pela Cooperativa dos Transportadores de Passageiros do Estado de Minas Gerais (Cooperminas); além disso contestou o número de vans legalizadas que, de acordo com o Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), são 22.

Os vereadores fizeram suas manifestações, ressaltando a importância da fiscalização constante do transporte escolar, das condições e cadastramento dos veículos. A demanda do cidadão será analisada pelas assessorias da Câmara e transformada em indicação ao Executivo para que seja esclarecida a real situação e tomada as providências cabíveis.