Codema autoriza o transplante ou o corte da árvore em frente ao Hospital Gavazza

0
549

O CODEMA, Conselho Municipal de Conservação e Defesa do Meio Ambiente, em reunião plenária, deferiu (aceitou) por unanimidade, 16 votos, o pedido da Prefeitura de Ponte Nova, para o translado ou o corte de uma árvore da espécie Ipê Amarelo, localizado na rotatória em frente ao Hospital Arnaldo Gavazza, Praça Dom Helvécio.

Segundo a prefeitura a retirada da árvore ou o seu corte, faz parte do projeto de mudança do trânsito no local, quando a praça rotatória será modificada, com sua redução. A alegação é de que no local há muitos acidentes, e o trânsito pesado como caminhões e carretas apresentam dificuldades para contornar o local.


Ambientalistas da cidade já começam a se mobilizar para impedir o corte da árvore  ou translado como quer a prefeitura.

O Escritor e ambientalista, José Alfredo Padovani, publicou um artigo nas redes sociais, sendo totalmente contra e questiona a ação da Prefeitura; “Estamos vivendo dias de intenso calor, com temperaturas batendo na casa dos 35 graus centígrados e o pessoal da Prefeitura buscando um jeito de eliminar árvores na cidade. Uma pergunta: quantas árvores a atual administração plantou no perímetro urbano? E quantas árvores foram cortadas? É lógico que o número de supressão supera, em muito, o plantio. O DEMUTRAN alega incidência de acidentes no local. Quantos acidentes foram registrados? Teve vítimas?”.

Aguarda-se para os próximos dias manifestações populares contra a derrubada da árvore.