Presidente da Câmara de Urucânia emite Nota de esclarecimento sobre demissão de assessora

0
628

Em resposta por rede social, o presidente da Câmara Municipal de Urucânia, Alessandro de Souza Pereira, emitiu nota de esclarecimento, sobre o ocorrido da demissão da Assessora Jurídica da Câmara, que gerou pedido de liminar aceito pelo Juiz da Comarca de Jequeri, que determinou a volta da Assessora ao cargo.

O fato aconteceu quando o vereador Gerson Ramos, PRB, não aceitou a demissão, fato que gerou o pedido de Liminar.


Em Nota de Esclarecimento Alessandro Bicalho, como é conhecido, falou sobre o fato:

“NOTA DE ESCLARECIMENTO.

O presidente da Câmara Municipal de Urucânia ALESSANDRO DE SOUZA PEREIRA,PRB, vem esclarecer a população que foi com indignação e espanto que tomou conhecimento de publicação exibicionista, enganosa e politiqueira de autoria de seu colega vereador Gerson Ramos.

Primeiramente é totalmente mentirosa a alegação de que antes do processo de escolha para a mesa diretora juntamente com os demais membros da mesa realizamos acordos para manter ou colocar qualquer funcionário ou qualquer acordo que pudesse comprometer a minha independência como representante do legislativo Municipal. Sendo inverdade as palavras ventiladas pelo nobre vereador.

Em relação à exoneração da servidora que ocupa o cargo de advogada, esta se deu pura e simplesmente por conveniência da presidência da câmara, vez que trata-se cargo de livre nomeação e exoneração. Como prova inclusive o ato de nomeação da então advogada que foi nomeada no ano de 2013 com única e exclusiva assinatura do então presidente daquela legislatura, sem qualquer participação dos demais membros.

O cargo de advogado da câmara municipal de Urucania é cargo de CONFIANÇA de livre nomeação, não gera direito, não se trata de cargo efetivo ou de vinculo trabalhista com a CLT. Não existe direito adquirido e não pertence a ninguém, e deve ser preenchido de acordo com o interesse do legislativo.

Como Presidente, quis gerar oportunidade para outro advogado do município, que igualmente tem os mesmos conhecimentos e competência da advogada que ora trabalha no legislativo, sendo este de minha estrita confiança.

O nobre vereador Gerson Ramos ao atribuir a mim atos de tirania o faz de forma mesquinha, eleitoreira e interesseira induzindo a população a erro em suas informações com omissão da verdade real dos fatos.

Infelizmente, o ora vereador realiza politica com se estivesse em um BIG BROTHER, de vereador certamente é um bom jornalista, ainda, um verdadeiro morde e assopra.

Tenho vida digna e limpa, o meu proposito de ser vereador é o de melhorar a qualidade de vida de nossa população, assumi a responsabilidade de ser Presidente do legislativo com o proposito de mudança de postura no legislativo, impor transparência no controle de gastos do município e do legislativo municipal.

Certamente a minha atitude de realizar mudanças tem causado desconforto em pessoas que querem continuar com as determinadas mordomias que jamais aceitarei na qualidade de presidente. Então é preciso que os falsos profetas e políticos ludibriadores de melancia na cabeça para defendê-lo e tentar encobrir a verdadeira verdade.

Urucânia, 15 de janeiro de 2019.

Ass.: Alessandro de Souza Pereira”