Morre o Professor do IFMG OP espancado no último fim de semana, criminoso é preso

0
1010

Faleceu, na madrugada de 17/01, no Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, o Professor do IFMG Campus Ouro Preto, Haroldo de Paiva Pereira. O Professor foi espancado  no último fim de semana e seu corpo foi encontrado no domingo 13/01, por vizinhos que estranharam sua ausência e as portas abertas  de sua residência.

O Professor Haroldo foi levado para o Hospital João XXIII e ficou internado até essa madrugada.


Seu quadro neurológico não se alterou. Foram feitos exames de imagem periodicamente, mas, o dano cerebral causado pela falta de oxigênio foi grave. O Professor apresentou um quadro de infecção devido a aspiração involuntária de secreção.

Amigos e amigas do IFMG  do SINASEFE ainda não têm informações sobre horário de chegada do corpo e local do velório. Essas informações serão apuradas e publicadas assim que forem definidas.

Criminoso é preso

A Polícia Civil de Minas Gerais, através da 3ª Delegacia Regional de Ouro Preto, realizou com êxito a identificação e cumprimento do Mandado de Prisão em desfavor de Rafael Luis de Oliveira Fernandes Ferreira referente ao espancamento do professor do IFMG Haroldo de Paiva Pereira, ocorrido no dia 13/01.

Policiais, prontamente iniciaram as investigações a fim de identificar o autor. Após apuração da Equipe de Homicídio, a PCMG em atos conjuntos com o Ministério Público e o Fórum de Ouro Preto, deram celeridade ao processo, que culminou na prisão do criminoso na data de hoje.

O autor possui extensa ficha criminal e estava em regime condicional. Na ocasião do crime o agressor roubou a moto do professor para evadir do local sendo essa recuperada no dia seguinte pela PCMG. Desta forma o autor encontra-se recolhido no Presídio de Ouro Preto à disposição da Justiça.

O autor foi instruído dos seus direitos. A equipe que realizou as investigações e prisão foi composta pelos investigadores Washington Luiz Caneschi, Érica Barbosa Felestrino e Guilherme Vieira Souza Costa, com apoio dos investigadores Paulo Henrique Oliveira Saffi, Eduardo Simonette e Adriana Cordeiro dos Santos, a Escrivã Paola Resende, apoio do Escrivão Guilherme Antônio Morais, o Médico Legistas Tiago Vasconcellos Gonçalves, sob coordenação da Subinspetora Tatiana Camara e o Delegado Regional Dr. Isaías Confort Oliveira da Costa.

O Professor foi encontrado, inconsciente , na sua residência, no dia 13 de janeiro,. por vizinhos que estranharam a porta de sua casa aberta durante um longo tempo. Muito ferido, Haroldo foi levado para o Hospital João XXIII na capital mineira, onde veio a óbito no dia 16/01.