Vereador fala da polêmica sobre Estacionamento Rotativo em Ponte Nova

0
437

O Vereador Montanha rebatendo comentários nas redes sociais referentes à Lei Municipal nº 3588/2018 que “regulamenta o processo de concessão onerosa e/ou autorização a terceiros da exploração do serviço estacionamento rotativo”, Montanha enfatizou que os vereadores não votaram, em nenhum momento, a favor de aumento. “Votamos na concessão, na exploração do serviço público. A São Jorge, por exemplo, quando veio para Ponte Nova, a Câmara autorizou”, disse ele, salientando que o rotativo já existe no município só que é “mal fiscalizado”.

“Votei, assim como mais sete vereadores, a favor da concessão. Não votei em diminuir horário, não votei para aumento de ruas, não votei para cobrar rotativo de motos”, explicou o vereador, enfatizando reunião na Prefeitura para discutir o assunto.


Para ele, o estacionamento é um problema sério em Ponte Nova, porém, há locais, onde não é viável a cobrança de rotativo. “Conversamos com ele (Wagner Mol) que é o prefeito e decreta”, disse Montanha, referindo-se ao Decreto Municipal nº 11.013/2018 que “regulamenta as disposições contidas na Lei Municipal nº3588/2018 que “autoriza a Prefeitura Municipal a instituir nas vias e logradouros públicos, áreas especiais para estacionamento por tempo limitado e dá outras providências”.