Câmara de Santo Antônio do Grama cassa mandato da Prefeita que vai recorrer

0
977

Por 7 votos favoráveis e 2 contra a Prefeita de Santo Antônio do Grama, Alcione Ferreira Albuquerque Lima, a Câmara de Vereadores cassou seu mandato, previsto para terminar em 2020.

A acusação de que houve uso indevido de maquina agrícola (trator), na propriedade da família de seu esposo Júlio Cesar Russo Lima, PSD, que também é vereador, sendo na época presidente da Câmara.


Para a defesa da prefeita Alcione, “… é uma denuncia industriada, fabricada, mentirosa, e não há nos autos qualquer prova de irresponsabilidade”.

A defesa também lembrou que a Prefeita Alcione já foi inocentada no inquérito policial realizado em Rio Casca, onde foi arquivado.

Também na 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas gerais, composta por 5 Desembargadores reconheceu pela maioria a INEXISTÊRNCIA DE CRIME, praticado pela Prefeita na mesma denuncia já feita no TJMG, porque não houve prova, Garantiu a defesa.

Votaram a favor a prefeita Marcelo Sena, e José do Carmo Dia Pereira, PHS, contra a prefeita, pela cassação:

Antônio Carlos Almeida Gomes, PDT,

Herculano Barboza Amorim, PT do B,

Alexandro da Silva Souza, PT,

Ronildo, Jairo Henrique Simão, PP,

Marcilio de Melo Ventura, PP, e

Sebastião Carlos Lopes, PSDB.

A defesa garante que vai recorrer da decisão da Câmara com pedido de LIMINAR, para que o julgamento torne sem efeito.

Assumiu a vice-prefeito Claudio Simplício.

Foto: Cláudio Simplício