Empresa de Ponte Nova recebe homenagem por empregar detentos no CPPN

0
852

Foto: Diretor Geral Giuliano de Paula, Diretora de Atendimento ao Indivíduo Privado de Liberdade Aline Araújo, e Samuel Godoy, Gerente de Produção da Plastinova.

Com a parceira no Complexo Penitenciário de Ponte Nova, a Empresa Plastinova Ind. Com. de Artefatos Plásticos recebeu o Selo Resgata de Responsabilidade Social, em reconhecimento às atividades desenvolvidas e oferta de profissionalização aos acautelados da Unidade. As homenagens aconteceram na Cidade Administrativa pelo trabalho de Ressocialização desenvolvido no Complexo Penitenciário de Ponte Nova. Recebeu a homenagem Samuel Godoy, Gerente de Produção da empresa.


Atualmente trabalham em espaço da oficina no Complexo, 16 presas e presos com remuneração e remição de pena. A cada 3 dias trabalhados, o custodiado tem a redução de 1 dia de pena, conforme a LEP Lei de Execuções Penais. A remuneração é por produção ou fixa em 3/4 do salário mínimo.

O CPPN também fora homenageado em reconhecimento ao empenho da Direção, Agentes Penitenciários e demais Servidores pelo comprometimento c a Ressocialização das pessoas privadas de liberdade.

O Complexo tem hoje em torno de 250 trabalhando dentro das dependências.