Ponte Nova despediu de seu grande herói, Joaquim Saraiva, o Sargento Expedicionário

0
946

Foto: Joaquim Saraiva e sua filha Sandra Libanio

Ex-pracinha da Força Expedicionária Brasileira-FEB, Joaquim Saraiva, o Sargento Saraiva participou do maior conflito bélico do século 21, a II Guerra Mundial (1939-1945), como membro do corpo médico, tendo a nobre missão de cuidar dos feridos em combate muitas vezes em meio a fogo cruzado.


“Não me considero um herói. Heróis foram àqueles jovens que perderam a vida nos campos da Itália na luta contra o totalitarismo em favor da democracia e liberdade”, era o que ele sempre dizia.
Fica aqui as condolências do Jornal UN, à família na certeza que o senhor Sargento Saraiva, soube valorizar a vida e sempre será exemplo de solidariedade, fraternidade e amor ao próximo.
Joaquim Saraiva, foi velado na Loja Maçônica Confidentes do Vale, Bairro Nova Almeida – Ponte Nova.
O Sepultamento aconteceu às 14:00hs, deste sábado, no Cemitério Mirante da Paz.