Coosuiponte completa 20 anos de dedicação pela suinocultura, conheça a história

0
220

As conquistas do passado, os esforços do presente e os projetos do futuro. Conheça a trajetória desta instituição que se firmou como o porto seguro da suinocultura mineira

Quem chega na Coosuiponte hoje, encontra um espaço amplo, moderno, com um vasto leque de produtos, serviços especializados e 23 profissionais capacitados. A instituição é um porto seguro para suinocultores da região do Vale do Piranga e uma referência do setor, garantia de competitividade e produção eficiente para as granjas. E não é nenhum exagero qualifica-la como uma das maiores cooperativas do agronegócio mineiro. No Anuário de Informações Econômicas do Sistema Ocemg de 2017 a Coosuiponte aparece na nona colocação, entre as 113 cooperativas mineiras do ramo agropecuário, na categoria “Sobra média por associado”.


No dia 22 de abril a instituição comemorou seu vigésimo aniversário. Para chegar até aqui, foram muitos desafios, enfrentados com dedicação e trabalho duro por parte dos colaboradores e cooperados.

O início

A história da cooperativa teve início nos anos 90. À época, a suinocultura já era expressiva na região, o setor se mantinha firme e em constante crescimento, apoiado pelo sólido alicerce da Assuvap. Crescia a produção e a qualidade dos suínos era notória. Mas, ainda assim, a vontade de desenvolver tornou a cooperativa uma necessidade. Estabelecia-se, em Ponte Nova/MG, no dia 22 de abril de 1998, a Cooperativa dos Suinocultores de Ponte Nova e Região, para proporcionar mais competitividade de mercado ao setor.

Até então, alguns suinocultores exerciam um grupo de compras denominado UNIDEZ. Essa foi a primeira experiência e comprovou um ganho em competitividade. Contudo, era preciso mais coletividade e melhor acesso às novas tecnologias. A Coosuiponte surgiu, em Ana Florência, com apenas três colaboradores e um propósito: tornar-se uma central de compras que orientasse os produtores na aquisição de insumos e medicamentos necessários, minimizando os custos da produção.

“Produzir o suíno bem e com custos cada vez menor era uma necessidade, pois o preço de venda era ditado pelo mercado”, lembra o gerente geral Júlio Márcio Natali, que é colaborador da cooperativa desde a sua fundação. E foi com o apoio de todo o setor que a instituição se estabeleceu, cresceu e contribuiu para o desenvolvimento da atividade na região.

Assuvap e Coosuiponte juntam forças

No ano de 2004, a Assuvap e Coosuiponte se reorganizam e começam a atuar de maneira conjunta. Com a ajuda do Sebrae, as duas entidades ficam mais fortes e passam a ocupar a mesma sede, na rua Mário Fontoura, transferindo-se, em 2007, para a sede atual, na rua Euclides da Cunha, centro de Ponte Nova. O novo local proporcionou o crescimento da cooperativa, oferecendo melhor espaço físico e estrutura. Um grande ganho para a suinocultura, que hoje ocupa posição de representatividade econômica na região do Vale do Piranga. E com as duas entidades trabalhando juntas a favor do setor, o poder de compra dos suinocultores elevou, os custos reduziram e o resultado foi o aumento da competitividade setorial.

União: a grande marca dessa história

O espírito de cooperativismo realmente fez a diferença. Com a criação da cooperativa, do Frigorífico Saudali, sempre com o apoio da Assuvap, a região se firmou como o maior polo de suinocultura independente do Brasil e referência na produção de suínos de boa qualidade. “Somos respeitados como suinocultores em nível nacional. Nosso suíno, produzido na região é considerado o melhor do Brasil”, lembra o produtor Armando Barreto Carneiro, durante entrevista para o documentário institucional dos 30 anos da Assuvap.

Porto seguro

Desde então a instituição mantém todos os seus princípios, valores e missão a de “agrupar suinocultores, satisfazendo suas necessidades na aquisição de produtos e serviços, aumentando a sua competitividade”. E foi trabalhando assim, com máxima funcionalidade e parceria de vários fornecedores, que essa cooperativa especializada em suínos tornou-se a base para o produtor, referência em atendimento pelo seus serviços e preços.

Desse passado e presente de realizações, a Coosuiponte se motiva para continuar avançando, dia pós dia. E fica a certeza de que essa história não há de parar por aqui. O próximo passo será a construção da sua nova sede, no Distrito Industrial de Ponte Nova, local que será o novo alicerce da suinocultura do Vale do Piranga.

Evolução do quadro de cooperados

Com trabalho sério e transparente, a Coosuiponte foi ganhando a confiança dos fornecedores e dos produtores. O resultado foi o salto no quadro de cooperados: em 1998, iniciando com 13 produtores e 26 mil matrizes, alcançou, neste ano, a marca de 120 cooperados (de estados como Minas, Espírito Santo e Bahia) e um plantel de aproximadamente 80 mil matrizes.

Serviços em destaque

Compra Direta

Implantada como o novo método para aquisição de mercadorias. Através dele, o cooperado adquire maiores volumes a preços competitivos diretamente dos fornecedores. A iniciativa atende aos interesses coletivos e vem colhendo frutos, com aprovação de quem já o utiliza. Para usufruir, entre em contato através do e-mail gerencia@coosuiponte.com.br ou ligue 31 3819-3902.

Campanha promocional

Também é um diferencial que a Coosuiponte apresenta ao seu cooperado. Mensalmente, o setor de vendas prepara ofertas de produtos em parceria com o setor de compras e empresas parceiras. O resultado é um maior giro das mercadorias, aumento na participação dos produtores e aproximação das empresas fornecedoras.

Premix próprio

A Coosuiponte possui uma equipe técnica de formulação de premixes nas mais variadas fases da produção, contando com matérias-primas de alta qualidade e oferecendo assistência ao cooperado.

Outros serviços

A cooperativa também possui uma área de relacionamento no site que possibilita agendar atendimento, fazer pedido de compras e conferir a lista de preços de produtos. Também possui um laboratório de análise de micotoxinas a serviço do cooperado, dentre outras facilidades.

Fonte: ASSUVAP