Morre D. Cleonice fundadora dos Grupos Zimbábue e Arrepia Mané em Ponte Nova

0
2027

Morreu hoje, 02/02, Cleonice Expedita da Silva, Dona Cleonice, como era popularmente conhecida, era filha do  conhecido e querido Beijamar. Ela deixa esposo (Leandro), filhos, netos, irmãos e irmãs. Dona Cleunice, desde cedo, enveredou pelo mundo da cultura, com destaque para a preservação da cultura afro-brasileira.

Através do Grupo Zimbábue, Organização Não Governamental que criou e foi presidente, introduziu centenas de crianças e jovens no mundo da música e da dança.


Na rua onde morou grande parte de sua vida, Rua São Sebastião, no bairro Primeiro de Maio, junto com seus familiares, ela idealizou e desenvolveu o Bloco Arrepia Mané, que abriu várias edições carnavalescas de Ponte Nova, com muito samba, alegria e congraçamento.

“Ponte Nova perde uma grande defensora da cultura afro-brasileira, da igualdade entre as raças e da inclusão social”, garante o radialista Marcos Dias.

O corpo de Dona Cleonice, está sendo velado na Capela Velório do bairro Rosário, de onde sairá o féretro, neste sábado, 03/02, às 14 horas da tarde, para o cemitério da cidade.