Participe do 4° Encontro de Mulheres da arquidiocese de Mariana

0
169

Foto do 3º Encontro

Estão abertas as inscrições para o 4° Encontro de Mulheres da Arquidiocese de Mariana. Realizado anualmente, a próxima edição será nos dias 2 e 3 de março no Colégio Arquidiocesano, em Ouro Preto.


Com o objetivo de reunir as diversas forças femininas presentes na Igreja particular de Mariana, o encontro terá como tema “Mulher: Sal e luz – agente de transformação” e pretende receber cerca de 250 participantes, representando as cinco regiões pastorais. Mesas de debate e oficinas vão compor a programação.

“O encontro de mulheres é uma demanda que veio do quinto Fórum Social pela Vida diante da realidade de nossa sociedade. Temos inúmeros casos de violência contra mulher, de atitudes machistas. A própria Campanha da Fraternidade ao falar sobre violência, vai abordar a realidade da mulher, que ainda sofre muitos tipos de violência. E nós estamos no Ano do Laicato. Quando se fala do agente transformador, nós também estamos falando da mulher. Que a mulher precisa ter consciência de que ela é um agente transformar na família, no trabalho, em todos os lugares. E o encontro é um espaço para troca de experiência, para a reflexão e partilhas. Onde nós, mulheres, podemos falar de nossa realidade, de nossas ações, de nossos medos”, conta Silene Gonçalves da equipe de organização.

As inscrições custam R$20,00 e podem ser realizadas nos Centros Regionais de Pastoral. Para mais informações sobre o 4° Encontro de Mulheres da Arquidiocese entre em contato pelo e-mail spolitica@yahoo.com.br ou pelo o telefone (31) 3557 1746.

Edições passadas

Como fruto do V Fórum Social pela Vida, realizado em 2013, o Encontro de Mulheres surgiu como um espaço para discutir temas que envolvem a mulher na sociedade atual. Em 2014, com a articulação de uma equipe do Fórum, foi dada a largada para a realização da primeira edição.

O I Encontro foi promovido na cidade de Barbacena, Região Pastoral Mariana Sul, em 2015, e teve como tema ‘Mulheres, presença forte na defesa da vida’. No ano de 2016, a segunda edição, que discutiu sobre “Casa Comum, nossa responsabilidade”, foi promovida em Congonhas, Região Oeste. A terceira edição foi realizada em Urucânia, Região Leste, e teve como tema “Empoderamento feminino, por igualdade de oportunidades”.