Alunos do Polivalente ressalta a importância do Laticínios Porto Alegre em exposição

0
412

Foto: alunos do Polivalente, e Léo Moreira, Diretor de Marketing da LPA e Regina, diretora do Polivalente

A escola Raimundo Martiniano, Polivalente realizou na manhã de 18 de novembro, na praça de Palmeiras (Praça Cid Martins Soares) des 08:00 às 12:00 horas, o Projeto O Empreendedor, onde em uma exposição grupos de alunos apresentaram trabalhos referentes aos vários produtos e empresas do Vale do Piranga.


Alunos do Curso Técnico Recursos Humanos 2, Administração 2 e Logística escolheram para falar sobre a Laticínios Porto Alegre, mostrando  ao público como é importante a indústria em nossa cidade, geradora de empregos e renda cooperando para crescimento da economia.

A amostra dos alunos aconteceu em uma tenda personalizada, slide, cartilhas, falando um pouco sobre a empresa e sua historia, produtos, meio ambiente, ações sociais e marketing e futuro e inovações.

Outros grupos se apresentaram para falar de outros produtos produzidos no Vale do Piranga, como a goiabada, a cachaça.

Histórico levantado pelos alunos:

RH – Empreender

Laticínios Porto Alegre

Treinamento de desenvolvimento: quando ocorre a contratação de um novo funcionário o recrutamento é feito pela internet + entrega de currículos físicos) ocorre um intenso treinamento onde a primeira coisa que o funcionário recebe e o bpf (boas práticas de fabricação) é uma cartilha sobre o funcionamento da empresa, além disso, recebe o código de ética e conduta. Além, com os colaboradores a empresa tem um programa chamado língua dos 3 os, (pratique, preserve e proteja) tem como objetivo a economia de luz, papel  e plástico diminuindo os resíduos emitidos.

Inovação: a Porto Alegre  possui frota própria de caminhões, para distribuição são caminhões baú e para a capitação  o caminha é do dono e o tanque isotérmico é  da empresa, nesse último ano foram adquiridos 26 novos caminhões para a frota.

Exportação: a porto alegre fundiu com uma empresa suíça que tem 40% de participação na empresa, já conseguiu as licenças para exportação e nos próximos anos estará exportando provavelmente soro de leite em pó;

O laticínios tem o objetivo de nos próximos 5 anos triplicar de tamanho, para isso ela está investindo 200 milhões na construções de polos em Antonio Carlos e São Gotardo, alem da fábrica em Ponte Nova, tem em Mutum, todos esses polos são nos estados de Minas Gerais.

A empresa deseja passar no mercado : compromisso, qualidade e preços acessíveis

 

.