Vereador quer comemorar o Dia do SACI PERERÊ em Ponte Nova

0
1582

Na reunião da Câmara Itinerante, ocorrida em 15 de novembro, na Vila Oliveira, o presidente da Mesa Diretora, Leo Moreira (PSB), encaminhou três Projetos de Lei (PLs) às Comissões Temáticas para que os vereadores, com o apoio técnico das assessorias jurídica e legislativa façam análises e emitam pareceres.

O primeiro, sob o nº 19/2017, de autoria do vereador Leo, institui o Dia Municipal da Poesia a ser comemorado em 16 de novembro, dia do nascimento de Laene Teixeira Mucci, grande poeta pontenovense.


No que diz respeito à discussão semântica entre os termos “poeta” e “poetisa” para designar o gênero feminino, optou-se por “poeta”, em vista de manifestação expressa de Laene, e na boa companhia de Cecília Meireles (1901-1964), no poema Motivo: “Eu canto porque o instante existe e a minha vida está completa. Não sou alegre nem sou triste: sou poeta”.

O Dia Nacional da Poesia é comemorado no dia 31 de outubro de cada ano, conforme a lei federal nº 13.131/2015, pois 31 de outubro é a data de nascimento de Carlos Drummond de Andrade, considerado um dos maiores poetas da Língua Portuguesa.

O segundo Projeto, de nº 20/2017, também de iniciativa de Leo Moreira, institui o Dia Municipal do Saci, anualmente, na semana que incluir o dia 31 de outubro (Dia das Bruxas, nos Estados Unidos, o famoso Halloween Day, que tem se disseminado para outros países, em detrimento das próprias manifestações folclóricas e culturais).

Com a aprovação do Projeto de Lei e sanção do prefeito Wagner Mol (PSB), as unidades municipais responsáveis pela educação e cultura promoverão, na semana que incluir o dia 31 de outubro, encontros, recitais, concursos, palestras e outras formas de manifestações artísticas e literárias para disseminação e conhecimento do folclore brasileiro, do qual o Saci-Pererê é uma das mais notáveis figuras.

Já o Projeto de Lei nº 21/2017 institui o Conselho Municipal de Trânsito e Mobilidade Urbana. De iniciativa dos vereadores Leo Moreira, José Osório (PT do B), Montanha (PMDB), Chico Fanica (REDE) e Machadinho (PT do B) a proposta tem o objetivo de possibilitar a participação da sociedade em parceria com o Poder Público na formulação e implementação das políticas e planos voltados à mobilidade urbana, questão que se faz cada vez mais presente em Ponte Nova, inclusive com a necessidade de dar início à formulação e implantação de um Plano Municipal de Mobilidade Urbana, exigido por lei federal e ainda não existente no município.

O Conselho Municipal de Transportes e Mobilidade Urbana será composto por 18 membros nomeados pelo Prefeito para o mandato de dois anos, facultada a recondução para período subsequente.