Furto na Casa Paroquial da Matriz de São Pedro em Ponte Nova

0
1736

Em 29/10, por volta das 07hs: 30 min., a PM de Ponte Nova foi acionada a comparecer a Av. José Mariano, bairro Palmeiras, onde o solicitante Bruno Gomes Silva, 22 anos, natural de Mariana/MG, que é seminarista e teria chegado à Casa Paroquial da Igreja Matriz de São Pedro, por volta das 22 horas e logo após teria se recolhido aos seus aposentos pra dormir, entretanto afirmou que todas as portas e portões foram devidamente trancados, e que era o único a pernoitar na residência, uma vez quem reside no imóvel é o padre Ronaldo Gomes Chaves, que se encontra viajando e que na manhã de hoje, ao despertar por volta das 6 horas, percebeu a falta do sinal do wi fi (interent), tendo descido, já que os quartos são no andar superior, para verificar o motivo, deparou com os cabos do monitor do sistema de monitoramento por câmeras “dependurados” na parede.

Bruno percebeu que alguém teria entrado na residência e furtado o monitor e o dispositivo (hd) que armazenava as imagens capturadas. Tendo também revirado gavetas e armários espalhando papeis pelo chão que se encontravam em uma mesa muito utilizada pelo padre Ronaldo como um tipo de escritório, onde detectou a falta do cabo do datashow que se encontrava em cima do sofá, mesmo local que foi encontrada a chave com o chaveiro ora descrito; chave esta que não pertence ao quadro de chaves da casa paroquial.


Bruno relatou que outros objetos foram mexidos pela casa, entretanto não foram furtados, foi subtraído também algumas cédulas de dinheiro estrangeiro, não sabendo precisar a quantia e de quais países e se tinham algum valor financeiro, que ficavam em uma gaveta na mesa do escritório do padre Ronaldo como também não soube informar marca, modelo e outros detalhes do monitor e do hd subtraído.