Comissão do JEPON 2017 penaliza professor e aluno após julgamento e final será sem público

0
771

“NOTA OFICIAL 12

A Comissão Organizadora dos Jogos Estudantis de Ponte Nova – JEPON 2017, no uso de suas atribuições, informa a todos que:


Após julgamento ocorrido na sede da SEMEJ no dia 13 de outubro de 2017, referente aos fatos do dia 10 de outubro de 2017 no Ginásio Poliesportivo do Esporte Clube Palmeirense, definiu-se que:

O professor Roger Mol Ferreira, responsável pelo Instituto Montessori no JEPON 2017, recebeu pena de 02 anos de suspensão de atividades esportivas vinculadas à Prefeitura Municipal de Ponte Nova no âmbito estudantil, ou que represente Ponte Nova, não podendo nem mesmo adentrar nos locais de competição, sem prejuízo de novas penalidades em caso de descumprimento.

Ao adolescente envolvido, foi aplicada a sanção de 02 anos de suspensão de atividades esportivas vinculadas à Prefeitura Municipal de Ponte Nova no âmbito estudantil, ou que represente Ponte Nova, não podendo nem mesmo adentrar nos locais de competição, sem prejuízo de novas penalidades em caso de descumprimento.

As punições dadas aos professores Márcio e Rivo, foram respectivamente de, advertência e suspensão por 03 dias, contados a partir do dia 16 de outubro de 2017, por serem estes responsáveis pela Escola Nossa Senhora Auxiliadora no dia da partida de número 99 do JEPON 2017. Esta punição se dá de acordo com as Notas Oficiais 02 e 05 do JEPON 2017.

A comissão decidiu que, o jogo final entre Instituto Montessori e Escola Nossa Senhora Auxiliadora, Futsal Masculino Mod II, ocorrerá de portões fechados e sem presença de torcida.

Ponte Nova, 13 de outubro 2017.

Comissão Organizadora JEPON 2017.”

Veja no link a notícia sobre o fato que gerou a punição : http://unidadenoticias.com.br/2017/10/12/agressao-a-menor-apos-receber-insultados-em-jogo/