Duas tentativas de homicídios em Ponte Nova, Jardim de Palmeiras e Santo Antônio

0
4327

Tentativa no Jardim de Palmeiras

Em 08/10, por volta das 21 horas, a Policia Militar de Ponte Nova compareceu a Praça Cid Martins Soares, Jardim de Palmeiras, onde segundo informações haviam ocorridos disparos de arma de fogo. No local encontraram a motocicleta Honda Falcon, cor vermelha, com o banco sujo de sangue e uma perfuração possivelmente de arma de fogo. A moto pertencente a Matheus de Bortolo Prata, 25 anos, que havia sido socorrido para o hospital Arnaldo Gavazza Filho.


Em contato com Mateus, ele no relatou que se encontrava conversando próximo a motocicleta, quando de repente parou uma motocicleta Honda CG 150 de cor preta, tendo dois ocupantes, tendo o garupa descido retirado a arma do bolso e efetuado os disparos contra a ele, que saiu correndo, sendo atingida na nádega, lado esquerdo.

Segundo informações de populares que não quiseram se identificar, foram ouvidos três disparos, mas o autor efetuou outros acionamentos do gatilho, tendo a arma falhada.

APM ainda se encontra em rastreamento, na tentativa de localizar os autores.

________________________________________

Tentativa no bairro santo Antônio

Em 08/10, por volta das 23 horas, a PM de Ponte Nova foi acionada a comparecer a Rua Santo Antonio, Bairro Santo Antônio, onde segundo denuncias anônima havia duas motocicletas com quatro ocupantes, efetuando disparos de arma de fogo na via publica.

Em contato com as vitimas, João Vitor Ramos Silva, 19 anos, e um menor de 15 anos, relataram que se encontravam na porta de sua residência, momento em que avistaram uma motocicleta Honda CG 150 de cor prata, não sabendo a placa, se aproximando e de repente começaram a efetuar disparos na direção das vitimas, tendo eles evadido e pulado um muro da residência ao lado da casa deles.

Vários disparos atingiram um portão ao lado. João Vitor foi alvejado no pé direito, sendo socorrido pelos militares ao hospital Arnaldo Gavazza, sendo atendido pelo médico de plantão, e liberado.

A polícia investiga a motivação do atentado