Hospital vai na justiça contra cidadão que protestou sobre o fechamento da UTIN na Câmara, ouça

0
1602
????????????????????????????????????

Tramita na 2ª Vara Cível de Ponte Nova, uma ação de interpelação judicial, movida pela Irmandade do Hospital de Nossa senhora das Dores, de Ponte Nova, contra o cidadão Raniely Eutáquio Teixeira Saraiva, que em 10/08, usou a Tribuna Livre da Câmara Municipal de Ponte Nova, para protestar contra o possível fechamento da UTI-NEONATAL, que havia sido anunciado pelo hospital dias antes.

Em sua fala Raniely denunciou ter ouvido de uma funcionária aposentada que o setor de Oncologia, quando no início de sua construção, houve desperdício de dinheiro, já que a obra havia sido iniciada por três vezes, proporcionando o desperdício de dinheiro do hospital, segundo Raniely.


Diante desta colocação, o Provedor do Hospital, Dr. Francisco Rodrigues da Cunha, advogado, está interpelando na Justiça em nome da Irmandade, para que Raniely diga quem é a funcionária, para ela também seja acionada judicialmente.

Ouça o que disse Raniely e o advogado Francisco da Cunha: