População pede justiça no caso do jovem morto por PM em Ouro Preto-MG

0
899

Parentes e amigos de Igor Arcanjo Mendes, de 20 anos, que foi morto com tiro disparado por policial, após abordagem ao veículo no qual estava, na noite de sexta-feira, 15/09, em Ouro Preto-MG, fazem, nesse momento, manifestação, em dois pontos da cidade.

Um deles, na Rua XV de agosto, bairro onde o rapaz morava. Outro na Rua Conselheiro Quintiliano, próximo ao Hotel das Lajes.


Os familiares e amigos cobram por justiça e apuração rápida do caso. O policial que efetuou o disparo encontrá-se em liberdade e a disposição da Justiça. A Corregedoria da Polícia Militar já iniciou os trabalhos de investigação policial militar.

Segundo o Comandante do 52º Batalhão PM em Ouro Preto, Tenente Coronel Winder, com o qual falamos por telefone, a manifestação que acontece no momento, nos dois locais é pacífica e os manifestantes têm o direito de exercer o ato. “Deixamos bem claro que não há interesse em esconder nenhuma informação. A Corregedoria da Polícia Militar já investiga e temos que aguardar a conclusão do inquérito que foi aberto. Até lá, sem a certeza do que aconteceu, não podemos falar o que não seja correto. Fica a cargo da justiça definir” Afirma o comandante.

Para a reportagem do UN, o delegado Regional de Ouro Preto, Dr. Silvério Rocha, o inquérito já foi aberto, e começam as investigações.

Com informações do site Voz Ativa de Ouro Preto