Moradores de Rio Casca revoltados com a morte de animais

0
961

Os moradores das redondezas da praça Raimundo Correa no bairro das Graças em Rio Casca estão indignados com a morte de diversos gatos na região que tem amanhecido mortos com sintomas de envenenamentos.

De acordo com moradores, pelo menos 8 gatos já foram encontrados mortos.


O que leva a crer sobre o envenenamento é o fato deles serem encontrados próximo a vômitos, o que poderia indicar a rejeição do organismo do mesmo à algum elemento estranho, além disso, a quantidade de animais mortos indicaria que a morte não foi natural ou acidental.

Moradores já escreveram em um muro na praça um protesto, dizendo que gatos são animais domésticos e mata-los configura crime.

Alguns moradores dizem inclusive que câmeras no local poderiam ajudar a solucionar este e outros crimes.

Matar cachorro – ou qualquer outro animal – é crime, sim. Não importa se o animal é doméstico, domesticado, silvestre, nativo ou exótico. O que trata disso é o artigo 32 da Lei dos Crimes Ambientais, de 1998. A lei prevê detenção de três meses a um ano, além de multa, para quem “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar” qualquer tipo de animal. Se houver a morte do bichinho, a pena aumenta até um terço. Quem praticar “experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos” também pode sofrer a mesma condenação.

Informações de http://www.michelonline.com.br