Jovem de 22 anos morre após chocar moto com carro em Ponte Nova

0
14782

Em 14/08 por volta das 8 horas, a PMRV de Ponte Nova foi acionada, para atender  ocorrência de acidente de trânsito na rodovia MGC 120 na altura do Km 575, deslocando  ao local, depararam com os veículos Fiat/Palio, placa: HDJ – 0162, sobre a pista de rolamento de sentido crescente, obstruindo a via, e o veículo motocicleta Honda/CG 150 Titan, placa: HBO – 3637, tombado as margens da mesma via de sentido crescente.

Gustavo do Carmo Sabino, 22 anos e seu pai  Antônio Carlos Sabino, 45 anos, já haviam sido socorridas pelos militares do CBMMG, e encaminhadas ao hospital.


No local do sinistro, estava Luiz Flávio Feuchard Linhares Ceraso, 30 anos, o qual se apresentou como o condutor do veículo Fiat/Palio, envolvido, e declarou que seguia na condução deste pela citada via em sentido de deslocamento decrescente, estando sozinho, quando na altura do Km mencionado, ao realizar uma curva o seu veículo saiu as margens, derrapou, e com isto ele veio a perder o controle direcional, vindo o veículo a rodar sobre a pista de rolamento adentrando a via de fluxo oposta, momento em que foi colido em sua lateral direita pela frente da motocicleta que seguia pela faixa obstruída pelo automóvel, deslocando em sentido crescente, e que no veículo motocicleta estavam  Gustavo do Carmo Sabino o qual seria o condutor do veículo e  Antônio Carlos Sabino que seria o passageiro.

Convidamos o Sr. Luiz Flavio Feuchard Linhares Ceraso a submeter ao teste de alcoolemia, o que prontamente se prontificou. Realizado o teste, não foi observado irregularidade.

 

Gustavo do Carmo Sabino, veio a óbito, durante o seu socorro, conforme informado na recepção do mencionado hospital. Atônio Carlos Sabino, devido a gravidade de suas lesões já se encontrava no bloco cirúrgico, e com isto não foi possível colher a sua versão sobre o fato ocorrido.

Acionado a perícia a qual compareceu ao local e após realizar o seus trabalhos liberou este. O condutor Luiz Flavio Feuchard Linhares Ceraso, apresentava ferimentos leves na região da face, e recusou atendimento médico. Solicitado, apresentou a documentação de porte obrigatória a qual estava em acordo com a legislação vigente, assim o veículo foi a ele liberado que providenciou a retirada deste do local