Direção do HNSD marca a data para fechar UTINEONATAL, se não aparecer dinheiro

0
751

Em reunião ontem 01/08, a noite no hospital Nossa Senhora das Dores, a direção estipulou o prazo do  dia 20/08, para que os gestores da saúde de Ponte Nova e região, apresentem uma solução par viabilizar a continuação funcionamento da UTI NEONATAL do hospital.

A direção apresentou aos presentes à planilha de gastos, mostrando a dívida alta em se encontra o hospital.


O prefeito de Ponte Nova, Wagner Mol, solicitou que fosse feita uma reunião na AMAPI, para que os prefeitos estudem uma forma de ajudarem o hospital. Ficou definido que o a AMAPI estará reunido dia 8/08 para decidir esta questão.

Segundo a direção do hospital, a divida se aproxima dos 20 milhões de reais, que aumentará na medida em que o tempo vai passando.

Ouve um debate acalorado  sobre o assunto.

São 48 funcionários que trabalham neste setor, que provavelmente perderão o emprego, caso se consolide o fechamento.