Comerciante é assassinado durante a exposição de Mutum

0
584

O comerciante Gilson de Oliveira, 37 anos, foi assassinado no interior do Parque de Exposições de Mutum, por volta de meia-noite de sexta para sábado, 22/07.

O homem foi baleado no interior do parque e socorrido pela ambulância da prefeitura imediatamente, mas chegou ao Pronto Atendimento morto.


A esposa da vitima contou aos policiais que estavam em um dos camarotes assistindo o rodeio. Após o termino, desceram e foram caminhando pelo parque quando ouviu um estampido muito próximo ao ouvido.

Em seguida, ela percebeu que o marido havia sido atingido por disparos de arma de fogo e estava caindo, tendo o autor finalizado com mais um tiro quando a vítima já estava caída no chão.

A perícia informou que a vítima apresentava quatro perfurações no pescoço e face.

O autor era magro, estatura entre 1,65m a 1,70m, cor negra e estava trajando jaqueta e boné na cor escura e fugiu tomando rumo aos fundos do parque de exposições misturando-se a outras pessoas.

MOTIVAÇÃO DESCONHECIDA

Ainda aos policiais, a esposa relatou desconhecer alguma inimizade da vítima. Gilson trabalhava no ramo de locação de bilhares e residia na cidade de Vila Velha/ES estando em Mutum devido a festa da exposição agropecuária e pelo fato de ter residido por três anos em Mutum onde foi proprietário de um supermercado e de uma fazenda. Desde que venderam a propriedade, decidiram voltar para a cidade no Espírito Santo, onde estavam residindo há sete meses.

Há cerca de 10 anos um irmão e um funcionário de Gilson foram assassinados em Vila Velha/ES.

A Polícia Militar realizou levantamentos e não encontrou informações ainda sobre a autoria.

Informações da Redação do Portal Caparaó