Vereador quer multa para quem lavar passeios e carros com água tratada em Ponte Nova

0
975

Preocupado com a escassez de água decorrente da carência de chuvas em Ponte Nova e região, o vereador Sérgio Ferrugem (PRB), ressaltou na Palavra Livre de 12 de junho que o município necessita de uma Lei que traga mais rigor quanto ao desperdício de água. Ele citou que algumas pessoas insistem em lavar seus veículos e passeios com água tratada.

O presidente da Mesa diretora, Leo Moreira (PSB) disse que, em 2015, ele e as ex-vereadoras Patrícia Castanheira e Valéria Alvarenga apresentaram Projeto de Lei (PL) que acrescentava § único ao art. 143 do Código Municipal de Posturas vendando a limpeza ou a redução de poeira dos passeios, ruas e demais logradouros públicos com água corrente tratada, por meio de mangueiras ou outros dispositivos de lançamento. O Projeto foi rejeitado pelo plenário, porém, o Regimento Interno da Câmara permite que a proposta seja apresentada novamente em outra sessão legislativa.


Leo ainda ressaltou que, por meio de indicação, conjunta com a ex-vereadora Valéria Alvarenga, encaminhou ao Executivo também em 2014 a minuta de um Projeto de Lei do município de São Paulo com objetivo de conceder desconto nas tarifas de água e esgoto cobradas pelo DMAES a quem promover economia de água. O DMAES, porém, não se manifestou. A vereadora Fiota (PEN) ressaltou ser esta uma alternativa viável à população que buscará manter o desconto nas contas de água.