Dois são condenados por homicídio em Ponte Nova em júri popular

0
4286

Foto: João Paulo e Vitor Hugo

Durante o dia de ontem, 01/06, aconteceu no Fórum da Comarca de Ponte Nova, presidido pela Juiz Drª Dayse Mara Silveira Baltazar, o julgamento dos acusados João Paulo Morais e Victor Hugo Guimarães Pereira, acusados de matar, a tiros, Denis de Oliveira Soares, em fevereiro de 2016, após perseguição de moto, com disparos de vários tiros. Consta no processo, que o crime foi motivado por um acerto de contas, por pontos de tráfico de drogas no bairro Vila Alvarenga.


O Sargento Irlan da polícia militar, que estava próximo ao local dos fatos interviu e atirou contra o João Paulo, o atingido na região da cabeça, o fato aconteceu em frente ao hospital Arnaldo Gavazza. Segundo o Sargento, ele atirou revidando, já que o acusado atirou contra ele, que, sendo o ato pra proteger sua vida de transeuntes, no revide ele  acertou João Paulo, e Victor Hugo,outro acusado, que estava na garupa da motocicleta fugiu à pé, e foi capturado horas depois.

João Paulo, baleado, foi socorrido pelo Sargento e por equipe do Hospital Arnaldo Gavazza.

O Sgt. Irlan, respondeu processo nas justiças militar e comum, sendo absolvidos em ambos. No processo julgado pelo júri ontem, Irlan figura como vítima.

João Paulo foi condenado a 36 anos de prisão e Victor Hugo, 30 anos

Veja a matéria da repórter Clarissa Guimarães pela TV Educar de Ponte Nova.