Santa Casa de Ouro Preto suspende atendimento de urgência e emergência

0
226

Direção do hospital alega atraso de repasses do governo e falta de recursos para manter o atendimento a população. Pacientes graves devem ser atendidos na UPA

A partir de segunda-feira (24), quem precisar de atendimento de urgência e emergência em Ouro Preto será direcionado a procurar o serviço em outra unidade de saúde. Isso porque a Santa Casa de Misericórdia, que é o único hospital da cidade, irá ficar de portas fechadas.


Em ofício enviado as autoridades, a direção da Santa Casa informa que a medida foi tomada devido aos reiterados atrasos nos repasses que deveriam ser realizados mensalmentes pelo Governo do Estado, como também o atraso na negociação do contrato com a Prefeitura de Ouro Preto.

Por isso, a partir do dia 24 de abril, a irmandade comunicou que está suspenso o direcionamento dos pacientes graves para o hospital.

“Desta forma, os pacientes graves devem ser encaminhados inicialmente à UPA de Ouro Preto e posteriormente direcionados, após contato prévio e disponibilidade de vaga, à Santa Casa, que realizará o atendimento prontamente, na medida de sua capacidade”, diz a nota.

A Santa Casa justifica na nota que não ter condições financeiras de arcar com a integralidade dos serviços que atualmente são prestados pelo hospital, devido a difícil situação financeira que atravessa em consequência dos atrasos dos recursos.

“Se trata de uma situação temporária, haja vista que a Santa Casa acredita que os pagamentos em atraso serão realizados pelo Estado, além do que será encontrada uma solução viável para o contrato com o município”, diz a interventora, que finaliza pedindo “desculpas pelos transtornos”.