Andarilho mata vendedora a facadas em Manhuaçu

0
2898

O andarilho Ia Marin, 52 anos, matou a vendedora Valéria Dornelas, 21 anos, durante a tarde desta sexta-feira, 27/01, no distrito de Santo Amaro de Minas, em Manhuaçu.

Segundo as primeiras informações apuradas pelo Portal Caparaó, o andarilho chegou à loja em que ela trabalhava e deu três facadas no pescoço da mulher.


Valéria foi socorrida por familiares até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Manhuaçu, mas não resistiu e morreu.

O andarilho foi preso pouco depois do crime. Ele foi trancado no banheiro da loja e a Polícia Militar acionada em seguida.

A VERSÃO DELE

Ia Marin tem familiares em Santo Amaro e seria de Belo Horizonte. Ele chegou ao distrito há algum tempo e, segundo moradores, ele era viciado em álcool e drogas.

Na delegacia, apesar do forte cheiro de cachaça, ele alegou que estava arrependido e que “ficou enfurecido quando foi questionado sobre uma nota que devia na loja”. Ele afirmou que foi ao local para comprar um tênis. Apesar de já estar com a faca.

FALSA

Já moradores de Santo Amaro afirmaram a nossa reportagem que o motivo é bem diferente. Ele estaria assediado a Valéria desde que chegou à comunidade e ficava em frente a loja onde ela trabalhava.

A comunidade de Santo Amaro ficou revoltada. Valéria era muito carismática, trabalhadora e querida no distrito.

Segundo alguns moradores entraram em contato, ele nem devia na loja e a versão dele seria falsa.