Dois homicídios e duas tentativas de homicídio em Urucânia

0
4171

Em 7/01, por volta das 23 horas, a Polícia Militar de Urucânia foi comunicada que próximo ao cemitério municipal havia uma vítima de disparo de arma de fogo. Na Rua Antônio Dionísio, os policias depararam com José Nilson Teodoro, 22 anos, conhecido pelo apelido de PI, caído ao solo e ainda com sinal de vida, sendo socorrido pela ambulância da cidade, para o hospital Arnaldo Gavazza.

No mesmo local a PM foi informada que havia uma segunda vítima de disparos de arma de fogo, sendo SSS, 23 anos, e que já havia sido socorrida por familiares para a cidade de Ponte Nova.


Enquanto os policiais levantavam informações do ocorrido, foram cientificados ainda, que havia uma terceira vítima de disparo de arma de fogo que estava caída na Rua Helvécio Rodrigues da Silva, próximo dali. Quando a PM chegou deparou com Chrystian Moreira Alves, 20 anos, que apresentava uma perfuração na região do tórax, provocado por disparo de arma de fogo. Chrystian foi conduzido pelos PMs ao hospital Arnaldo Gavazza Filho.

Já no hospital os PMs foram informados pelo médico, que José Nilson não havia resistido aos ferimentos e que fora constatado o óbito. Momentos mais tarde Chrystian também veio a óbito.

Em contato com a vítima SSS relatou apenas que estava transitando próximo ao bar, quando começou uma troca de tiros e ela foi alvejada com um disparo nas nádegas. Ela não soube informar o autor dos disparos.

Ainda em Urucânia, na mesma noite, a PM registrou também uma tentativa de homicídio contra MSP, que relatou que o autor desferiu 3 tiros em sua direção, mas conseguiu sair com vida.